Respeito à Natureza

A Coco do Vale possui uma política de cuidados com o meio ambiente, atuando com o reaproveitamento de material orgânico do próprio coqueiral afim de proteger a plantação das pragas vegetais, com a necessidade do uso de defensivos agrícolas muito reduzida. Isso é muito importante no sentido de manter o solo livre de erosão e proteger suas riquezas naturais.

Em relação às pragas animais, o combate à principal praga do coco, um besouro (rhynchophorus palmarum) que provoca a chamada “Broca do Olho do Coqueiro” é realizado de forma natural, por meio de feromônios das fêmeas, afim de aprisionar os besouros sem danificar o meio ambiente.

1 – Utilizamos feromônio para capturar insetos, com isso diminuímos a população das pragas, evitando o uso de defensivos. 
2 – Aplicamos óleo vegetal e detergente no combate do ácaro deste modo só ele é atingido. E os demais insetos da sua cadeia alimentar não são eliminados. 
3 – Trabalhamos no combate a lagarta através de levantamento de focos infestações, os tratamentos são realizados na fase inicial. Portanto evitamos a disserminação da praga por conseguinte reduzimos a utilização de defensivos. 
4 – Controle biológico, aplicamos Baccilus Thuringiensis para o controle da lagarta. 
5 – Retornamos para lavoura a casca de coco formando um mulch. Que evita erosão laminar, diminui a temperatura do solo, aumenta o armazenamento d’agua, diminui a infestação de erva daninha, enriquece o solo de matéria orgânica e ainda favorecendo a microbiologia do solo. 
6 – Preservação da mata ciliar que beneficia a bacia hidrográfica e o ecossistema aquático. 
7 – Proteção das abelhas, com o povoamento e relocação de colmeias nas matas.

TOPO